Assistência Técnica  
Cursos
Dicionário Online
Eventos
Horóscopo Diário
Jogos
Links
Lista Telefônica
Notícias
Revenda
Serviços
Tempo na Cidade
Tradutor Online
WebMail
 
Iporã, 19 de Fevereiro de 2018

RELAÇÃO DAS NOTICIAS


01/09/2010: Professora apresenta cartilha
...................................................................................................................................
 
Da esquerda a diretora do Departamento de Ensino Ivani Pegorine Alessi, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente Ednaldo da Silva. Prefeito Cássio Trovo, a professora Cristina Rosana Ferrari Fernandes e a secretária de Educação, Cultura e Desporto Hele

O prefeito Cássio Trovo recebeu na manhã da segunda – feira (23 de agosto) em seu gabinete a professora Cristina Rosana Ferrari Fernandes, a secretária de Educação, Cultura e Desporto Helena Aparecida dos Santos, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente Ednaldo da Silva e a diretora do Departamento de Ensino Ivani Pegorine Alessi. Cristina Ferrari Fernandes é professora da Rede Pública de Ensino do Estado do Paraná no município e leciona no Colégio Estadual de Iporã.

Cristina esteve na Prefeitura para agradecer ao prefeito pelo apoio que a Administração deu ao projeto realizado por ela, através da Formação Continuada do Governo do Paraná que é o programa de desenvolvimento educacional (PDE2009) e entregar a Cartilha Educativa ao prefeito.

Através desse projeto a professora desenvolveu uma pesquisa sobre Educação Ambiental voltada para o descarte seletivo do lixo: a contribuição do ensino de Geografia na Dimensão Socioambiental. Do projeto surgiu a Cartilha Educativa que será trabalhada em sala de aula como uma ferramenta de apoio, que terá como objetivo a conscientização da preservação do meio ambiente e o bem estar da população de acordo com a lei nº. 9795/99.

As cartilhas serão entregues nas escolas da rede municipal de ensino e Colégio Estadual, e de acordo com a professora o material servirá de apoio em pesquisas e trabalhos realizados pelos alunos e professores em sala de aula. No colégio Estadual duas turmas da 7ª série já foram escolhidas para trabalhar com a cartilha.

Ao final do encontro Cristina agradeceu ao prefeito Cássio Trovo pelo apoio e empenho relacionado ao projeto que irá beneficiar toda a população, aos vereadores Marcos de Abreu e Sérgio Borges e a orientadora do IES UEM, Cleres do Nascimento Mansano.

Como surgiu a ideia: Para a professora Cristina a preocupação com o meio ambiente surgiu ainda em sala de aula, quando começou a perceber o desgaste de material no final de cada dia. “Eu chegava à sala de aula e notava que a lixeira estava vazia, limpa, e quando as aulas terminavam eu percebia que na lixeira havia muita folha de caderno sulfite e isso chamou minha atenção, foi então que resolvi fazer essa cartilha”. Segundo Cristina trabalhar em sala de aula com os alunos sobre a importância de preservar e cuidar do meio ambiente dá certeza de que eles, ao aprender, levarão para casa esse conhecimento passando a orientar os pais, irmãos, vizinhos sobre a responsabilidade que cada ser humano deve ter com o meio ambiente.



RELAÇÃO DAS NOTICIAS
GOOGLE
GOOGLE
Twitter Twitter
ANÁLISES CLÍNICAS
DRa Aline Martins
AO VIVO - RADIO CULTURA
Anuncie Aqui
ANA MORENA - ENTRE NA MODA - 3652-2664